quarta-feira, abril 22, 2015

[Resenha] A Herdeira das Sombras - Anne Bishop


“Há 700 anos, num mundo governado por mulheres e onde os homens são meros
súditos, uma profetisa viu na sua teia de sonhos e visões a chegada de uma poderosa Rainha. Jaenelle é essa Rainha. Mas mesmo a proteção dos Senhores da Guerra não impediu que os seus inimigos quase a destruíssem. Agora é necessário protegê-la até as últimas consequências.

Três homens estão dispostos a dar a vida por Jaenelle. Mas há quem esteja disposto a tudo para controlar ou destruir a Rainha. Conseguirá ela cumprir o seu destino como detentora do maior poder que o mundo jamais conheceu?”



Sabem o que dizem sobre as expectativas, não?

Pois é.

Eu tinha gostado muito de A Filha do Sangue; foi um livro diferente, intrigante. Polêmico, com uma história instigante e personagens incríveis. Uma das melhores leituras do ano passado. Dito isso, claro, claro que a expectiva para o segundo livro da série não poderia ser muito pequena.
Eu simplesmente precisava saber o que tinha acontecido (não, não soltarei spoilers aqui.)

Pois então. As expectativas. Elas não corresponderam. Não sei se autora se resolveu colocar um freio nas polêmicas (valeu Bruna Britti pelo Insite!) ou se ela ... pisou no tomate mesmo. O que eu sei que a história fantástica presente no primeiro livro não estava mais aqui.

herdeira das Sombras é um livro bom, não resta dúvidas, mas está muito aquém do que poderia ter sido. Pequenos (e grandes) detalhes no decorrer da trama que acabaram por (quase) minar a história. Penso que a minha maior decepção foi o completo desaparecimento de Daemon. Quem leu o primeiro livro sabe a importância do personanagem- e aqui temos apenas uma sombra dele. É frustrante. Eu adoro o Saetan; e com certeza ele salvou muito da leitura, mas DAEMON CADÊ VOCÊ?!

O mesmo eu digo de Lucivar. Este eu tive uma relação relação conflituosa. Achei-o muito cheio de não me toques no começo, mas depois, já no final do livro, o personagem mostrou a sua força.
Força também é a palavra para descrever Janealle. A força da chatice da adolescência. Tá bom, ela não ficou chaaata, mas também esteve longe de ser aquela menina especial do primeiro livro. Não sei explicar, mas senti que faltou magia. A opção da autora de fazer grandes saltos no tempo também não me agradou muito, achei que tudo ficou muito corrido, apressado.

Está até parecendo que eu odiei o livro, mas isto não é verdade. Como já comentei, Saetan é um dos meus personagens favoritos, e eu adoro o mundo criado pela autora (apesar de achá-lo um pouco confuso, algumas vezes, rs). Herdeira das Sombras apresenta alguns novos elementos interessantes, como os familiares de Janealle. Meu coração partiu em determinada cena (*unicórnios*).

Este é um livro que prende a atenção e que, apesar de alguns problemas (especialmente se compararmos com o livro anterior) tem uma trama atraente e dinâmica, sem furos ou discrepâncias.

Não sei se esta é uma série para todos os gostos, mas se você gosta de arriscar, vale MUITO A PENA.

E que venha o terceiro livro!


Série:
Livro 1- A Filha do Sangue
Livro 2- A Herdeira das sombras-
Livro 3- A Rainha das Trevas

*** A autora ainda escreveu uma série de novellas/pequenas histórias ambientadas no mesmo universo de A Filha do Sangue. A lista completa completa pode ser vista AQUI

Título Original: Heir to the Shadows
Autor: Anne bishop
Editora: Saída de Emergência
Coleção:
Série: Joias Negras – Livro 2
Gênero: Fantasia
Sub-Gênero/Assunto: Paranormal, Magia, Demônios
Período: 700 atrás.
Outra Capa:



3.5/5

Reações: